Ambiência, NoiseAtWork, NoiseAdVisor & iNOISE (Ref. 3R Brasil)

iNoise 2020: Indispensável para atender a nova versão da NBR 10151:2019

Porque o iNOISE? Pois é um método, uma ferramenta e com processos integrados de baixo custo para monitoramento, análise e predição dos níveis de pressão sonora, com possibilidade de avaliação de medidas de controle para atender aos limites impostos pela legislação aplicável com o acompanhamento a partir de redes de vigilância contínua.


Possibilidades: Descrever e validar os processos, ferramentas e métodos para atendimento e adequação as normas de poluição sonora e ruído na comunidade de forma inovadora, precisa e eficaz com apresentação em mapas de ruído com gradientes horizontais e verticais. Possui descritores de longa duração Ld, Le, Ln, Ldn, Lden etc. Conforme exigência da nova versão da NBR 10151:2019.


Motivações e Tendências: Atender adequadamente a comunidade com a identificação, o reconhecimento e a quantificação das emissões sonoras nas fachadas das edificações em diferentes alturas e distâncias. Minimizar impactos socioambientais, custos judiciais, operacionais e de interdição de unidades operacionais, que são ações factíveis de serem evitadas com base em evidências técnicas fundamentadas inclusive atendendo a TAC(s) e com respostas com embasamento técnico e legal aos possíveis processo civil público impetrado pela comunidade local.


INOISE 2019.1


Nesta versão foi adicionado o Harmonoise ao iNoise para permitir comparações mais realistas entre os níveis de som calculados e medidos em condições de vento específicas para fontes industriais. O método ISO 9613 só pode calcular a favor do vento.


O método Harmonoise pode ser calculado em qualquer direção do vento, incluindo a favor do vento e tem um cálculo de atenuação do solo mais preciso em distâncias maiores. A harmonia também pode calcular sob condições de inversão de temperatura.


Adquira a versão Pro e entre definitivamente para a área de mapeamento, simulação e predição acústica. Atendendo as novas diretivas das normas de poluição sonora, com destaque a NBR 10151:2019 e as demandas de empresas como PETROBRAS e de Energia com destaque as termoelétricas e éolicas.


Apresentação das novas técnicas e tendências (clique aqui).

Vídeos de mapeamento de demonstrativos ambientais em detalhes:

  1. Exemplo de Estudo de Impacto Ambiental com o Estado da Técnica (clique aqui).
  2. Integração com as ferramentas de georreferenciamento e simulações acústicas (clique aqui).
  3. Ocupacional (clique aqui).

Noise 2020 em comparação com o iNoise 2019, 2018 e 2017:


Novas funcionalidades, ainda mais integrado com exportação das tabelas de dados e posições das medições para o NoiseAtWork, cálculo da potencia sonora a partir das medições, com a gestão total e inovadora de fontes de emissões e agentes de riscos. Uma tendência mundial.

Fique antenado e entre nessa onda!


  1. Opção de calibração para bitmaps (no menu Exibir | Fundo);
  2. Opção rápida e fácil de dimensionamento e posicionamento para mapas ou croquis de fundo bitmap, digitando uma linha de comprimento conhecido ou 2 pontos de coordenadas conhecidas.
  3. Cálculos inteligentes a partir de medições de pressão sonora (Lp) em diferentes distâncias para fornecimento da potência sonora (Lw) normalizada e vice-versa.
  4. Ponto, Linha e Origens em Movimento agora têm a opção de calcular o Lw a partir de um valor Lp medido a uma certa distância da fonte.
  5. Opção SourceDB (no menu Ferramentas | FonteDB):O SourceDB é um software separado que permite armazenar, pesquisar e classificar seus próprios dados de potência sonora, como uma extensão do banco de dados padronizados como o europeu IMAGINE. O módulo SourceDB suporta 1/3 de oitavas, um idioma de script para definir parâmetros e fórmulas para calcalar o Lw e adicionar imagens às fontes. O valor de potencia sonora de fontes do SourceDB podem ser facilmente copiado e colado como uma fonte direto no modelo do iNoise.
  6. Banco de dados de níveis de potência sonora padrão para o tráfego rodoviário.
  7. Os catálogos de potencia sonora padronizados 'SourcePower_Octave.cat' e 'SourcePower_Terts.cat' agora incluem dados para veículos leves, médios e pesados com velocidades de 50, 80 ou 100 km / h. As potencias sonoras são retiradas do método CNOSSOS-EU. Em combinação com o item da fonte móvel, isso torna mais conveniente calcular o ruído do tráfego rodoviário de acordo com o método de propagação da ISO 9613.
  8. Web Map Tiled Services (WMTS) como mapas em segundo plano (no menu Visualizar | Fundo):O WMTS é um serviço mais rápido em comparação com o WMS. Melhores funcionalidades.
  9. Hamomoise e QGIS.
  10. Na opção Lp a Lw para fontes de ponto e linha, os valores inseridos são mantidos na memória enquanto o formulário de atributo do item estiver aberto.
  11. Opção "Excluir" no menu do mouse.
  12. Em ‘Arquivo | Exportação Resultados do ponto de exportação em lote ", o tipo de receptor agora pode ser selecionado
    As coordenadas X e Y são adicionadas à tabela de resultados para receptores e fontes. Para origens de linha e área, a coordenada do primeiro nó é mostrada. Novos ‘Catálogos | Opção de menu Geral 'com editor interno
    Todos os arquivos * .cat (arquivos de catálogo), como níveis de potência sonora, materiais de isolamento, reduções e perfis de vento, agora podem ser editados, incluindo cópia / suporte passado para / do Excel.
  13. Na opção de menu ‘Resultados | Rótulos de contornos e resultados 'para resultados e valores de controle do modelo de plano de fundo podem ser selecionados.
  14. A opção de menu ‘Editar | Criar itens em lote | Os receptores nas fachadas 'agora suportam uma distância entre os pontos receptores do caso 2a do CNOSSOS-EU. O texto "Resultados da fonte" nas Configurações de cálculos foi alterado em "Resultados da fonte e da oitava".

Edit always: a modificação de um modelo agora é sempre possível, também quando o resultado é marcado e / ou contornos são mostrados. Após uma modificação que pode alterar os resultados calculados, os rótulos dos resultados e / ou os contornos são retirados automaticamente do modelo. Isso não se aplica aos modelos fechados finais que são abertos em modo somente de leitura.

  • Exibição da altura média acima do solo durante as simulações calculadas em função do teste.
  • Ao usar o método alternativo para a atenuação do solo, a altura média acima do solo agora também é exibida na saída dos resultados/testes. Isto é especificamente útil ao determinar uma correção do vale em aplicações com turbinas eólicas de acordo com a legislação do Reino Unido, referência mundial para estas simulações assim como os países baixos.
  • A configuração padrão do meteo para novos modelos agora é 'No Meteo', pois como padrão a maioria dos países usa a configuração "Não meteo" ao comparar limites normativos legais.
  • O armazenamento de resultados padrão para receptores é agora 'Resultados da Fonte'
  • Agora, por padrão, os resultados calculados por oitava ou 1/3 de oitava podem ser exibidos para receptores únicos na tabela de resultados.

Requisitos mínimos do sistema para usar iNoise:

Sistema operacional: Microsoft Windows 7/8/10 (x64). O link de download contém a versão de 64 bits do iNoise. Se você deseja receber a versão de 32 bits do software, use este link processador dual core, como o Intel Core i3, ou o AMD Phenom X2 2 Gb RAM. Com uma licença Pro ou Enterprise (> 2 núcleos), um processador quad-core e mais memória RAM são recomendados 500 Mb de espaço livre em disco para instalar o software. Espaço de disco adicional de 100 Mb para cada projeto iNoise. Projetos maiores do iNoise podem levar mais de 1 Gb de espaço em disco. Suporte OpenGL para visualização em 3D. Impressora: impressora MS Windows.


Acesso à Internet para baixar o software e verificar atualizações: